Caixa de Fósforos, em Teresópolis: como fazer a trilha

Quem avista de longe a Caixa de Fósforos se pergunta: como aquela pedra consegue se equilibrar no alto de uma montanha?

Depois de fazer a trilha, que fica no Parque Estadual dos Três Picos (PETP), é possível ver detalhes da curiosa formação rochosa e constatar que ela não é tão pequena assim. 

De qualquer maneira, o posicionamento da rocha continua sendo impressionante!

Quer saber detalhes sobre a Caixa de Fósforos e como chegar a ela? Então, veja o que preparamos para você:

A Caixa de Fósforos, em Teresópolis

Caixa de Fósforos tem 1.803 metros de altitude e está situada na cidade de Teresópolis, na região serrana do Rio de Janeiro. 

A pedra fica no caminho que liga o Vale dos Frades ao Vale dos Deuses, famosa travessia que une o município teresopolitano à Nova Friburgo.

A imensa formação rochosa também é conhecida como Caixinha de Fósforos ou Pedra dos Milagres por estar, segundo o PETP, “’milagrosamente’ apoiada“.

A Caixa de Fósforos foi conquistada em 3 de fevereiro de 1944 por Sílvio Joaquim Mendes, Indio do Brasil Luz e Jair Leopoldino da Costa, membros do Centro Excursionista Rio de Janeiro (CERJ).

Segundo o CERJ:

Vale lembrar que a via atualmente usada foi também conquistada pelo CERJ em 1969 por Giuseppe Pellegrini, Carlos Alberto Carrozzino, José Luis Barbosa e Waldinar dos Santos Menezes“.

A pedra fica cercada por outras incríveis montanhas do PETP, como os Três Picos, Capacete e Cabeça de Dragão.

Vista para a Caixa de Fósforos 📸 Roteiros e Trilhas

Consegue localizar a Caixinha de Fósforos? Vista do Pico dos Três Municípios 📸 Roteiros e Trilhas

Onde fica a trilha da Caixa de Fósforos

A Caixinha de Fósforos está localizada no Núcleo Três Picos do PETP. Um dos acessos mais famosos é feito pelo lado friburguense, seguindo a rua do colégio Ibelga — que fica na Baixada de Salinas. 

A entrada no parque é gratuita e ele funciona das 8:00 às 17:00, diariamente. Informe-se com o PETP para ter mais detalhes:

Existe um estacionamento na entrada do parque. Porém, o acesso a ele costumar ser ruim devido às péssimas condições da estradinha de chão. 

Ele era gratuito, mas isso mudou. Tem uma placa no local afirmando que, a partir do dia 15/08/23, haveria uma cobrança de R$ 20 pelo estacionamento. Não temos mais informações sobre isso.

Contudo, cerca de 300 metros antes desse espaço do PETP, há um sítio onde é possível deixar o veículo estacionado durante o dia. Em 12/04/2024, a diária custou R$10. Consulte valores antes de ir.

Abaixo, você confere a localização do estacionamento do PETP e do “Estacionamento da Mara” (com dados para contato):

Como chegar à trilha Caixa de Fósforos

Confira o passo a passo para chegar à “pedra milagrosa”:

1 - Pela Tere-Fri, chegue ao colégio Ibelga

A principal via de acesso ao PETP, onde fica a Caixa de Fósforos, é a RJ-130 — famosa Tere-Fri. Então, para chegar ao parque:

  • Se estiver indo de Friburgo a Teresópolis: entre à esquerda logo após o Ceasa de Conquista.
  • Se estiver indo de Teresópolis a Friburgo: entre à direita logo após a divisa dos municípios.

Depois, direcione-se ao bairro “Barracão dos Mendes” e, de lá, siga as placas que indicam para o Ibelga 

Fri - Tere: acesso à esquerda após o Ceasa
Tere - Fri: acesso à direita após o limite dos municípios

2 - Dirija-se ao PETP

Caso esteja indo de ônibus, a entrada do colégio Ibelga é o ponto de descida. Para quem for de carro, vale observar que há asfalto até ali. A partir de então, será preciso seguir por uma rua de chão.

O percurso pode ser feito por veículos que não sejam 4×4. Mas, em períodos de chuva, pode ser mais complicado trafegar.

Entre à direita para a rua do colégio Ibelga

Siga pela estrada acompanhando placas que indicam o PETPNo fim da rua, você deverá virar à direita para acessar o estacionamento gratuito do parque; ou à esquerda, para o sítio com vagas pagas.

Observe que não há espaço na rua para deixar seu veículo, está bem?

3 - Comece a trilha em direção ao Núcleo do Parque

Depois de estacionado, direcione-se à porteira do PEPT e inicie a caminhada. Acompanhe as placas que indicam o acesso ao núcleo. Até este ponto, a subida é leve/moderada, com bastante insolação.

Você passará por algumas porteiras e muitos pontos de beleza única!

Primeira porteira do PETP📸 Roteiros e Trilhas

Acesso ao núcleo📸 Roteiros e Trilhas

O Núcleo Três Picos, no Vale dos Deuses, tem boa infraestrutura. Ele oferece um espaço para camping, banheiros, mesas, parquinho e água nas torneiras – tudo gratuito.

Identifique-se com o guarda-parque, informando nome e cidade de origem, e dirija-se para o início da trilha para a Caixa de Fósforos.

4 - Siga sentido travessia Vale dos Deuses x Vale dos Frades

Vá pela estrada da travessia Vale dos Deuses x Vale dos Frades e siga as indicações pelo caminho.

O percurso até a entrada que leva à Caixa de Fósforos é tranquilo. Boa parte é realizada em baixadas, com leves subidas e descidas. 

O mato pode avançar pela trilha e há espaços com córregos e charcos. Mas, no geral, é fácil passar por esse trecho.

Estrutura do núcleo 📸 Roteiros e Trilhas

Placa indicativa 📸 Roteiros e Trilhas

Mirante da Caixa de Fósforos 📸 Roteiros e Trilhas

Vista para o Capacete durante a caminhada📸 Roteiros e Trilhas

5 - Entre à esquerda para a parte final da trilha

Fique atento à placa que indica a entrada à esquerda da via Vale dos Deuses x Frades. Agora, de fato, a trilha começa a ficar pouco mais intensa.

Segundo o PETP: “a Caixa de Fósforos apresenta em sua trilha de acesso trechos muito íngremes sujeitos à erosão e desabamentos”.

Esse pedaço tem um desnível mais alto e fica em floresta pouco mais densa — em resumo, será necessário se esforçar mais para subir essa parte.

A discreta plaquinha que indica a entrada📸 Roteiros e Trilhas

Siga à esquerda📸 Roteiros e Trilhas

Então, você chegará a um paredão. Pouco depois, avistará uma escada de ferro (vale lembrar que, há alguns anos, esse trecho era feito com corda).

Tenha atenção durante a subida e prossiga para a base da pedra que dá visão para a Caixa de Fósforos.

A escada de ferro 📸 Roteiros e Trilhas

Detalhes dos degraus📸 Roteiros e Trilhas

Pelo percurso, você terá vistas surreais para os Três Picos e Capacete, além de outras pedras da região. Dá para ver, inclusive, parte do caminho que leva ao fabuloso Pico dos Três Municípios.

Não há muito espaço lá em cima, viu? Você pode ficar na parte próxima à Caixa de Fósforos ou se aventurar a descer até à sua base. Lembre-se de sempre ser cuidadoso.

Agora, é só aproveitar o visual incrível!

Mirante para Três Picos e Capacete 📸 Roteiros e Trilhas

Caixa de Fósforos 📸 Rope Expedições

Recapitulando

Você também pode chegar à Caixa de Fósforos pela Travessia Vale dos Frades x Vale dos Deuses, partindo da cidade de Teresópolis.

Nesse caso, siga as instruções para o percurso que dá acesso ao Pico dos Três Municípios até a Fazenda Itatyba.

Então, observe as marcações para a travessia e, depois, para a Caixa de Fósforos.

Informações técnicas sobre a trilha Caixa de Fósforos

Altitude da Caixa de Fósforos: 1.803 metros
Esforço físico: leve superior
Exposição ao risco: moderado
Insolação: baixa
Orientação: moderado

Desnível aproximado: 500 metros
Distância total aproximada: 10 km
Duração aproximada: 3h00min
Fonte de água: somente água encanada no núcleo

Fonte: PETP.

Entenda as informações técnicas

📸 Reprodução: FEMERJ

Você já fez essa trilha?

Se sim, compartilha as suas experiências com a gente.

Se ainda não foi, prepare-se, não perca mais tempo e vá!
E lembre-se de contar pra gente o que achou da Caixa de Fósforos 😉

Deixa aqui embaixo o seu comentário 👇

5 thoughts on “Caixa de Fósforos, em Teresópolis: como fazer a trilha

  1. Olá,

    Parabéns pelo excelente trabalho! Extremamente útil o seu website. Apenas uma correção, a Pedra Caixa de Fósforos fica no município vizinho de Teresópolis e não em Nova Friburgo. Um pouco antes da porteira do Vale dos Deuses já é Terê. Um abraço

      1. Disponha. Isso gera uma confusão imensa e parte é culpa dos guardas e gestão do núcleo do PETP no Vale dos Deuses. Eles criaram uma mentira para dizer que aquele local pertence a Nova Friburgo. Para ter ideia enganaram até a Prefeitura de Friburgo para conseguirem alguns benefícios e enganam as pessoas que visitam o local desde algum tempo. Eles colocaram na porteira uma placa indicando que é NF quando na verdade todo o Vale dos Deuses está no município de Teresópolis. Meu tio Marcos, trabalhou com o antigo proprietário do lugar e já se sabia a anos que pertencia a Terê. Ano passado ele fez uma denúncia e foi até parar no principal jornal de Nova Friburgo: https://avozdaserra.com.br/noticias/parque-dos-tres-picos-inea-confirma-localizacao-correta-de-relogio-com-termometro

        O próprio INEA teve que confirmar a verdade. Vale dos Deuses é parte do município de Teresópolis.

        1. Por grande coincidência, essa semana estávamos observando essa informação e o seu comentário foi muito pertinente.
          Infelizmente, esse tipo de desinformação propagada não agrega em nada à comunidade.
          Agradecemos mais uma vez as suas informações, foram bastante úteis.
          Esperamos que você aproveite os demais conteúdos também.
          Abraços!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *